Se você chegou até aqui é porque tem interesse em conhecer os motivos para considerar o uso da pesquisa em vídeo como uma estratégia para medir a experiência do cliente.

Com o consumo de vídeo em crescimento principalmente por causa da Covid-19 e a necessidade de humanizar ainda mais as relações com os clientes, a pesquisa em vídeo chega como uma poderosa ferramenta na estratégia de Customer Experience para as empresas.

Antes de dizer os 24 motivos para você usar uma pesquisa de vídeo, eu quero falar brevemente sobre o Live Survey, pois ele faz total sentido quando o assunto é “pesquisa em vídeo”.

O que é Live Survey?      

Live Survey é a primeira plataforma brasileira de pesquisa em vídeo que explora a humanização com a especificidade dos estudos face2face usando a escalabilidade e agilidade dos estudos web. Para você ter noção do poder do Live Survey em uma pesquisa em vídeo, por exemplo, é possível coletar a resposta do seu cliente por texto, áudio, foto e vídeo e tratar isso tudo através de inteligência artificial.

Realmente, você não precisa ficar limitado em receber respostas fechadas e por textos. O Live Survey utiliza AI da IBM Watson para coletar insights para a sua área de Customer Experience.

Mas vamos aos motivos! Afinal, é por isso que você chegou até aqui.

24 motivos para você usar uma pesquisa em vídeo na sua estratégia de Customer Experience

Presente da Pesquisa em Vídeo

Segundo a Provokers, em 4 anos o consumo de vídeos na web cresceu 135%. No mesmo período, o consumo de TV aumentou apenas 13%.

Ainda segundo a Provokers, 75% das pessoas usam o celular para assistir a vídeos on-line.

Segundo o Google e a Box 1824, as principais motivações que levam os brasileiros a consumir vídeos são:

  • conexão: 23% das pessoas buscam sentir algo em conjunto
  • conhecimento: 29,8% das pessoas buscam se informar
  • entretenimento: 38,7% das pessoas buscam se divertir
  • identidade: 9,2% das pessoas buscam se encontrar

Segundo o Think With Google, a geração Z (até 24 anos), sucessora dos millennials, já representa 30% da população.

O Ibope fez um levantamento em 2019 que aponta um número de 23.872.879 brasileiros na geração Z, dos quais 92,18% consomem conteúdo por vídeo. E a divisão por classe social da geração Z é:

  • A com 1,5 M
  • B com 5,3 M
  • C com 11,9 M
  • D com 5,2 M

Em 2019, uma pesquisa do Think With Google sobre o YouTube percebeu que mais da metade dos compradores afirmou que os vídeos on-line os ajudam a optar por uma marca ou produto.

Em 2015, cerca de 78% dos profissionais de marketing de vídeo disseram que acreditavam que o vídeo era uma parte importante de suas estratégias de marketing. Agora, quando entramos em 2020, esse número aumentou para 92%

Futuro da Pesquisa em Vídeo

Já a Cisco afirma que quase dois terços da população global terão acesso à internet em 2023.

Já na América Latina até 2023 serão 470 milhões de pessoas conectadas (70% da população regional).

A velocidade de banda larga dobrará até 2023 em todo o mundo.

Até 2021, aproximadamente um milhão de minutos (17 mil horas) de conteúdo de vídeos irá passar por toda rede de IP global a cada segundo.

85% das pessoas afirmam que o vídeo ajuda a se conectar com as marcas com mais eficiência.

As principais marcas mundiais usam histórias em vídeos nas redes sociais.

Quase 95% das pessoas gostam de assistir a vídeos explicativos para entender sobre um serviço ou produto.

A inclusão de vídeo em um e-mail aumenta em até 300% a taxa de cliques.

Quase 60% das empresas possuem vídeos na página inicial do site.

Uma página de destino com vídeo tende a converter em até 86%.

Sobre os vídeos nas redes sociais, o impacto é enorme, já que 81% dizem que preferem vídeos, seguidos de imagens com 68% e textos com 31%.

Ao postar um vídeo, as empresas afirmam que tem quase 74% a mais de engajamento com o seu público.

Comparando um texto longo com um vídeo… 65% das pessoas têm mais chances de assistir a um vídeo do que ler um texto.

99% das empresas que usam vídeo para marketing dizem que continuarão usando o vídeo em 2020.

81% dos profissionais de marketing de vídeo dizem que o vídeo ajudou a aumentar o tempo médio que os visitantes gastam na página.

84% das pessoas dizem que foram convencidos a comprar um produto ou serviço assistindo ao vídeo de uma marca.

As pessoas assistem em média a 16 horas de vídeo on-line por semana – um aumento de 52% nos últimos 2 anos.

Materiais de Bônus:

Sobre a qwst.

Há 18 anos, a Qwst vem ajudando as empresas a entenderem com profundidade as decisões dos consumidores, por meio de pesquisas de satisfação, em diferentes metodologias, como NPS, Conjoint, Maxdiff e Worthix. Além disso, somos líderes em projetos de CEM (Customer Experience Management) no cenário brasileiro; a primeira consultoria a trazer modelos econométricos customizados e “métodos de valuation”, para o cálculo do retorno sobre investimento das experiências dos clientes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Thamara Hollanda

Thamara Hollanda

Publicitária com MBA em Marketing Digital e Pós em Gestão de Negócios na Fundação Dom Cabral. Escrevo sobre Customer Experience, NPS, CSAT, conjoint, maxdiff e métricas para o Metricx Blog.

Indicamos esses posts para você...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

Metricx Newsletter

Receba Conteúdo Sobre Customer Experience!

Conteúdo Relacionado