Uma pesquisa qualitativa ou uma quantitativa? Você sabe quais são as diferenças e quando deve aplicar cada metodologia?

Neste post, iremos abordar esses pontos de maneira simples e objetiva, além de apresentar exemplos dessas duas metodologias.

Acima de tudo, vale lembrar que, quando são aplicadas de maneira correta, podem orientar os gestores nas tomadas de decisão.

O Que é Pesquisa Qualitativa?

A pesquisa qualitativa é mais subjetiva, pois leva em consideração algumas particularidades das pessoas que são entrevistadas de forma ampla e não quantificável ou mensurável.

Uma qualitativa é conduzida de maneira exploratória, estimulando o entrevistado a dar sua opinião de forma mais extensa, pois esse tipo de pesquisa tem um roteiro mais livre.

Dessa forma, toda pesquisa qualitativa tem uma apresentação do resultado diferente, pois ela não gera números ou gráficos.

Uma “quali” origina relatórios aprofundados com trechos de frases destacadas das entrevistas.

Ou seja, algumas frases e até opiniões que são relevantes para o seu negócio.

No entanto, pesquisa qualitativa geralmente tem uma amostra pequena, o que ajuda em alguns pontos, como: compreender tendências e comportamentos, conhecer motivações de um determinado grupo, localizar hipóteses de um problema, além de ter conhecimento das opiniões e quais as expectativas de uma pessoa frente à sua empresa/projeto/produto/serviço.

Quando devo usar uma pesquisa qualitativa?

Quando a empresa não possui nenhuma informação sobre o assunto a ser pesquisado ou quando ela quer entender por que as pessoas fazem ou acreditam em algo.

Essa metodologia é melhor aplicada quando você quer explorar o comportamento do seu consumidor ou quando você não possui uma hipótese definida.


Principais tipos de pesquisas qualitativas

  • Entrevistas: em profundidade, estruturadas, semiestruturadas, individuais, em duplas ou telefone.
  • Grupos focais: por meio de debates e discussões.
  • Etnografia: onde é possível observar o consumidor usando um produto ou funcionalidade.
  • Observação: onde, além de observar o consumidor, o pesquisador interage com ele, a fim de coletar mais dados para a pesquisa.

O Que é Pesquisa Quantitativa?

É uma metodologia que quantifica dados de um questionamento para resolver um problema de pesquisa.

Essa quantificação é feita por meio de um questionário.

Uma pesquisa quantitativa pode ser usada, por exemplo, para validar estatisticamente uma hipótese já conhecida sem a necessidade de compreender quais foram as motivações de cada resposta.

Por exemplo, uma pesquisa “quanti” tem um formato fechado que transforma os resultados em números. Ou seja, a própria pesquisa de NPS – Net Promoter Score® é um tipo de pesquisa quantitativa.

Dessa forma, todas as pesquisas quantitativas têm resultados projetados em forma de gráficos e tabelas.

Consequentemente, isso acaba facilitando o entendimento, pois há uma padronização nos dados coletados.

Quando devo usar uma pesquisa quantitativa?

Essa metodologia é usada para medir tamanho de mercado, mensurar tendências de comportamento, Market Share, mensurar um conceito usando uma escala, confirmar uma hipótese, mensurar satisfação, estudar a imagem de marca, avaliar atributos e entender a sensibilidade preço.

Vale lembrar que em uma pesquisa quantitativa é preciso que o tamanho da amostra seja grande, mas bem segmentada para não gerar métricas erradas.

Tipo mais frequentes de perguntas quantitativas

  • Dicotômica: é aquela onde só se pode ter dois valores possíveis na resposta. Ex.: sim ou não.
  • Escalas (ex.: avaliações de 0 a 10).
  • Múltipla escolha.
  • Matriz ou grade.
  • Ranking: quando você tem a opção de ranquear um produto ou serviço em uma escala.

Vale lembrar que as pesquisas quantitativas usam questionários fechados e não há interferência do pesquisador durante a coleta de dados.

Quer saber mais sobre pesquisa qualitativa e quantitativa?

Ou quer estruturar uma pesquisa na sua empresa? Fale com a gente nos comentários!

Materiais de Bônus:

Sobre a qwst.

Já aplicamos mais de mil projetos para grandes marcas nacionais e internacionais. Com isso, nos especializamos em novos serviços, ferramentas e metodologias para garantir soluções completas e atualizadas para nossos clientes. Somos também a primeira consultoria do Brasil a trazer métodos de valuation para o cálculo do retorno sobre investimento das experiências dos clientes.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on pocket
Pocket
Share on email
Email
Thamara Hollanda

Thamara Hollanda

Publicitária com MBA em Marketing Digital e Pós em Gestão de Negócios na Fundação Dom Cabral. Escrevo sobre Customer Experience, NPS, CSAT, conjoint, maxdiff e métricas para o Metricx Blog.

Indicamos esses posts para você...

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Post comment

Metricx Newsletter

Receba Conteúdo Sobre Customer Experience!

Conteúdo Relacionado